Cotidiano

Prefeitura de Nova Andradina constrói aterro para evitar aumento de cratera que ameaça casa

A Prefeitura de Nova Andradina, a 300 quilômetros de Campo Grande, iniciou nesta quinta-feira (10) obras de construção de aterro na Rua Antônio Duarte, para tentar evitar que a cratera, que ameaça ‘engolir’ casas, se abra ainda mais. A equipe da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) realizou hoje uma nova vistoria técnica e […]

Karina Campos Publicado em 10/12/2020, às 13h53 - Atualizado às 16h57

Equipes da Agesul, Defesa Civil e da prefeitura estão no local. (Foto: Divulgação/ Gov MS)
Equipes da Agesul, Defesa Civil e da prefeitura estão no local. (Foto: Divulgação/ Gov MS) - Equipes da Agesul, Defesa Civil e da prefeitura estão no local. (Foto: Divulgação/ Gov MS)

A Prefeitura de Nova Andradina, a 300 quilômetros de Campo Grande, iniciou nesta quinta-feira (10) obras de construção de aterro na Rua Antônio Duarte, para tentar evitar que a cratera, que ameaça ‘engolir’ casas, se abra ainda mais.

A equipe da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) realizou hoje uma nova vistoria técnica e também sugeriu a execução de drenagem para conter a erosão. De acordo com o coordenador de Defesa Civil Estadual, Fabio Catarineli, o período chuvoso pode atrapalhar as obras “A situação ainda não está estabilizada”, disse.

O local passava por obras de drenagem de água pluvial e a construção de uma caixa de detenção de barragens. Com as chuvas intensas do início do mês, uma erosão de 8 metros de profundidade e 20 metros de diâmetro abriu no último fim de semana.

O solo é arenoso, o que dificultada a contensão do desabamento de terra. A moradora da casa que tem risco de cair na cratera já foi retirada do local, mas teme perder o imóvel. Segundo uma vizinha, a cratera está na região desde 2019, mas passou a avançar em direção as residências.

Já a prefeitura informo que a administração iniciou os reparos para construção de um ‘piscinão’, para servir de contensão e reduzir o impacto da chuva no local.

Jornal Midiamax