Parcelas de casas populares são suspensas por 4 meses em MS com pandemia de coronavírus

Decreto foi publicado nesta terça-feira no Diário Oficial

Anunciada na segunda, a suspensão do pagamento de quatro meses de parcelas da Agehab (Agência Estadual de Habitação de Mato Grosso do Sul) foi decretada nesta terça-feira (31) pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) em publicação do Diário Oficial do Estado.

O governo suspendeu o vencimento das prestações de março a junho dos contratos da Agência, medida tomada diante da pandemia do novo coronavírus que vai beneficiar cerca de 56 mil sul-mato-grossenses.

Na prática, os valores das parcelas do período serão acrescentados ao final do contrato. Sendo que a primeira parcela deverá ser paga trinta dias após o vencimento da última prestação do contrato, e as demais parcelas nos meses subsequentes.

 

Parcelas de casas populares são suspensas por 4 meses em MS com pandemia de coronavírus
Mais notícias