Cotidiano

Chineses que moram em MS são barrados pela polícia ao furarem barreira sanitária da fronteira

Três chineses foram barrados entrado de forma irregular no Paraguai. Eles foram encaminhados para a sede da polícia e foram atendidos pelas autoridades sanitárias que fizeram a aplicação do protocolo correspondente aos procedimentos preventivos. Eles declaram à polícia que residem do lado brasileiro,  em Ponta Porã e que atravessam a fronteiram para abrir o comércio […]

Marcos Morandi Publicado em 12/05/2020, às 12h41 - Atualizado às 13h40

Comerciantes aguardam atendimento sanitario na fronteira. (Foto Gilberto Ruiz)
Comerciantes aguardam atendimento sanitario na fronteira. (Foto Gilberto Ruiz) - Comerciantes aguardam atendimento sanitario na fronteira. (Foto Gilberto Ruiz)

Três chineses foram barrados entrado de forma irregular no Paraguai. Eles foram encaminhados para a sede da polícia e foram atendidos pelas autoridades sanitárias que fizeram a aplicação do protocolo correspondente aos procedimentos preventivos.

Eles declaram à polícia que residem do lado brasileiro,  em Ponta Porã e que atravessam a fronteiram para abrir o comércio da família.

Segundo o promotor Alvaro Rojas, após realizados os procedimentos sanitários, os chines serão expulsos, como aconteceu com a estudante brasileira. “Se voltarem serão processados por violação ao código sanitário. Eles não podem cruzar a Linha Internacional”, disse Rojas.

Jornal Midiamax