PMA multa dono de pesqueiro em R$ 5 mil por destruição de mata ciliar no rio Taquari

Autuação aconteceu nesta terça-feira no município de Coxim

Na tarde desta segunda-feira(26), a ( Ambiental) de Coxim autuou um empresário em R$ 5.500,00, por degradação da mata ciliar do rio Taquari. O local fica a 30 km da cidade, na região conhecida como Barranqueira, no local, o proprietário havia construído estruturas de alvenaria em uma APP (Área de preservação permanente).

O dono de 57 anos, e responsável pelas obras, é morador de Coxim. Em sua propriedade, foi construído três edificações dentro da área protegida, à margem direita do rio Taquari. Uma em área consolidada (local desmatado há tempos), desmatada antes de 22 de julho de 2008. E outras duas construídas recentemente.

Uma construção estava a 30 metros e outra a 57 metros dentro das matas ciliares do rio, em local que deveriam ser preservados 100 metros por lei.

As edificações servem como pousada e rancho pesqueiro e são locadas para turistas, principalmente que praticam esportiva e nenhuma possuía a devida licença expedida pelo órgão ambiental competente.

As atividades foram interditadas. Pela infração administrativa, o proprietário recebeu multa de R$ 5.500,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenada, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. O autuado ainda foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental estadual um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

PMA multa dono de pesqueiro em R$ 5 mil por destruição de mata ciliar no rio Taquari
(Foto: Divulgação / )

 

PMA multa dono de pesqueiro em R$ 5 mil por destruição de mata ciliar no rio Taquari
Mais notícias