Fazendeiro é multado em R$ 5 mil por degradar nascente

Córrego estava assoreado e sem mata ciliar

Nesta segunda-feira (20), a ( Ambiental) de Cassilândia autuou um fazendeiro em R$ 5.000,00, por degradação de uma APP (Área de Preservação Permanente), às margens de um córrego. Na propriedade, em Paranaíba, a polícia identificou que o riacho estava sendo assoreado, com as nascentes desprotegidas e o solo pisoteada por gado.

A fazenda está localizada a 40 km da área urbana de Paranaíba, no local, o dono que é morador de Três Lagoas, mantinha o gado em uma área de nascentes e matas ciliares de um córrego que corta a propriedade, sendo que grande parte da vegetação também havia sido extinta.

As atividades foram interditadas e o proprietário rural foi notificado a retirar o gado e a recuperar a área degradada. O infrator de 62 anos, foi autuado administrativamente por danificar uma área de preservação permanente (nascente e matas ciliares).

Além disso, ele foi multado em R$ 5.000,00 e  também responderá por crime ambiental e poderá pegar uma pena de detenção de um a três anos.

Fazendeiro é multado em R$ 5 mil por degradar nascente
Mais notícias