Tem sintomas de coronavírus? Saiba como tirar dúvidas e fazer consulta por telefone em MS

Prefeitura lançou serviço de teleconsulta em Campo Grande

Quem tiver com sintomas suspeitos de coronavírus agora pode tirar dúvidas e até ser consultado por um médico por telefone. A Prefeitura de Campo Grande lança nesta segunda-feira (30) um serviço de teleconsulta para orientar à população sobre casos suspeitos de Coronavírus (Covid-19) e outras SRAGS (Síndromes Respiratórias Agudas Graves). 

Através do número (67) 2020-2170, será possível tirar dúvidas e, inclusive, ser consultado por um médico. Segundo o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, o intuito da teleconsulta é orientar e tratar os pacientes com síndrome gripal, suspeito de coronavírus, sem a necessidade de se deslocar até às unidades de saúde. Dependendo do quadro clínico apresentado na hora do atendimento, o paciente será orientado a buscar a unidade do seu grau de complexidade.

“Isso irá facilitar o acesso do paciente e vai otimizar a assistência prestada. Esse é um modelo que vem sendo adotado em grandes centros e com resultados positivos. Outro fator importante é que o corpo técnico, em sua maioria, é composto por profissionais que pertencem ao grupo de risco, como pessoas acima de 60 anos, exemplo, que foram tirados da linha de frente para não correrem risco, mas mesmo assim continuarão contribuindo no enfrentamento do coronavírus. E isso é válido destacar porque são profissionais capacitados e com muita experiência o que certamente fará toda a diferença”, comenta.

A estrutura física do serviço foi implementada no espaço da Regulação Ambulatorial da Secretaria Municipal de Saúde e está sendo ampliada para mais quatro salas do prédio em anexo ao Complexo Regulador com apoio da SES (Secretaria Estadual de Saúde), seguindo todos os protocolos Ministério da Saúde, entre eles o espaçamento de 1,5m a 2m entre cada servidor.

Neste primeiro momento, ao menos 80 profissionais devem integrar o serviço de teleconsulta da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) de Campo Grande. A escala diária será composta por 22 servidores, sendo oito administrativos, seis profissionais de nível superior e oito médicos.

O horário de atendimento será 6h às 0h,  podendo ser ampliado ou reduzido de acordo com a demanda. Os profissionais serão divididos em três e equipes devem se revezar em turnos de 6 horas.

Ao ligar no número, o paciente ouvirá uma gravação explicativa sobre o coronavírus, principais sintomas e cuidados. A recepção será feita pelo videofonista que irá colher o histórico da pessoa, com base em um questionário pré-estabelecido, que será inserido no sistema. Posteriormente, o paciente será transferido para a equipe médica de teleatendimento.

O serviço foi criado especialmente para atender a demanda causada pela pandemia do novo coronavírus, porém poderá ser expandido para o suporte de outras demandas posteriormente.

(com informações da Prefeitura de Campo Grande)

Tem sintomas de coronavírus? Saiba como tirar dúvidas e fazer consulta por telefone em MS
Mais notícias