Cotidiano

Pessoas com coronavírus quebram isolamento e MS vai a 326 casos e 11 mortes

O maior ato de amor deste Dia das Mães é ficar em casa, destacou o secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende, como grau de comprometimento da população em resposta ao combate ao novo coronavírus em Mato Grosso do Sul. O Estado fechou o boletim epidemiológico do Covid-19 com 326 casos confirmados e 11 mortes […]

Evelin Cáceres Publicado em 08/05/2020, às 11h20 - Atualizado às 11h22

None

O maior ato de amor deste Dia das Mães é ficar em casa, destacou o secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende, como grau de comprometimento da população em resposta ao combate ao novo coronavírus em Mato Grosso do Sul. O Estado fechou o boletim epidemiológico do Covid-19 com 326 casos confirmados e 11 mortes nesta sexta-feira (8).

Um dos fatores do aumento na disseminação no Estado é o descumprimento da população confirmada em manter o isolamento domiciliar. Somente nesta semana, diversos relatos de casos confirmados circulando pelas cidades do interior foram registrados e são investigados pela polícia, por caracterizar infração de medida sanitária preventiva, previsto no artigo 268 do Código Penal.

Secretária-adjunta de Saúde, Christinne Maymone, explicou que o melhor presente neste final de semana para o Dia das Mães é manter a distância e cada família ficar na sua casa, evitando festas familiares. A distância social e o uso de máscaras são medidas recomendadas a todos, mesmo as pessoas sem nenhum sintoma, pois podem estar contaminadas e transmitir o vírus aos seus familiares, amigos e a quem mantiverem contato.

Os números indicam um total de 3.470 casos notificados, dos quais 3.062 foram descartados após testagem e 21 excluídos por não apresentarem sintomas da Covid-19. Há, além dos 326 casos confirmados, 61 casos sob investigação e 11 mortes.

Nesta sexta, foi confirmado o óbito de idoso de 95 anos que estava em isolamento domiciliar. Ele é a 4ª vítima da Covid-19 em Campo Grande e a 11ª em MS. A morte foi registrada na última quarta-feira (6), mas somente hoje o resultado do exame – positivo para o novo coronavírus – foi revelado.

Dos 15 novos casos detectados, 7 são de Guia Lopes da Laguna, sendo seis homens e uma mulher. Todos contato do frigorífico que virou foco do Covid-19 na cidade, que agora figura como a com maior número de infectados por habitantes do Estado pela proporção entre contaminados e moradores. A cidade decretou lockdown nesta quinta e possui apenas um respirador.

Outros casos são de Jardim, Ribas do Rio Pardo, Bela Vista, Campo Grande, Bonito e Sidrolândia. São pessoas que não mantiveram isolamento e viajaram em período que pé recomendado ficar em casa por causa da pandemia, ou estiveram em contato com pessoas contaminadas. Entre os casos, tem pessoas que estiveram no Rio de Janeiro, São Paulo e Venezuela neste período de alerta em todo o mundo.

Municípios

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) informou também a incidência da doença por município, que mostra o quanto o vírus está circulando entre os habitantes de acordo com a quantidade de moradores. A maior é em Guia Lopes da Laguna.

Pessoas com coronavírus quebram isolamento e MS vai a 326 casos e 11 mortes

Jornal Midiamax