Para desafogar HRMS, pacientes sem coronavírus usarão 20 leitos no Hospital do Câncer

Governo e Prefeitura Municipal inauguraram novos leitos nesta quinta

Com o HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) atingindo o seu nível crítico de lotação de pacientes, o Governo Estadual e Prefeitura Municipal inauguraram, nesta quinta-feira (9), 20 novos leitos no Hospital do Câncer para desafogar o hospital. Os leitos serão usados por pacientes sem coronavírus.

O diretor-presidente do El Kadri, Amilkar Silva Júnior, explicou que a partir de segunda-feira (14), o Hospital do Câncer terá a capacidade para receber pacientes oncológicos e de atendimento geral de pacientes sem coronavírus.

“O objetivo desses leitos não é para atender pacientes da Covid-19, mas sim transferir pessoas de outras unidades. Pessoas que não tem Covid, como pacientes oncológicos e outros em geral. Transferindo esses pacientes para o Hospital do Câncer, vai sobrar leitos para pacientes com Covid no HRMS”, disse.

Novos

De acordo com o secretario municipal de saúde, José Mauro, dois leitos já existiam e, nesta quinta, foram doados nove pelo Ministério da Saúde e nove pelo Governo do Estado ao hospital. A ideia é que depois da pandemia, os leitos sejam usados por outros tratamentos.

“Que possa ser destinado como CTI. É um desafio, mas estamos provando que o SUS funciona. A unidade vai estar equipada para quando a pandemia acabar”, disse.

Para desafogar HRMS, pacientes sem coronavírus usarão 20 leitos no Hospital do Câncer
Foto: Leonardo de , Midiamax

O prefeito Marquinhos Trad (), também participou da inauguração e assim como as demais autoridades, vistoriou as instalações.

O secretário estadual de Saúde, , disse que os novos leitos é uma conquista para a Saúde de MS, pois garante que todos recebam o atendimento médico necessário.

“Temos o compromisso de que ninguém fique sem atendimento. Estamos trabalhando para ter o melhor desfecho dos estados da União”, comentou.

Além dos novos leitos do Hospital do Câncer, outros 37 devem ser inaugurados na rede privada de saúde. Serão sete leitos no Hospital El Kadri, 20 no Proncor e 10 na Clínica Campo Grande.

Ainda para está quinta-feira é aguardado a chegada de 35 novos enviados pelo Ministério da Saúde. Serão 20 enviados aos hospitais e 15 para unidades móveis.

Para desafogar HRMS, pacientes sem coronavírus usarão 20 leitos no Hospital do Câncer
Mais notícias