Para atender alunos das escolas estaduais que não têm internet, TV vai transmitir aulas em MS

Transmissão ao vivo vai detalhar funcionamento de dois canais com aulas 24h que serão abertos para subsidiar transmissão de conteúdos

Com o retorno das aulas da REE (Rede Estadual de Ensino), ainda suspensas presencialmente, na terça-feira (19), o secretário-adjunto da SED (Secretaria de Estado de Educação), Édio Antônio Resende de Castro, confirmou que as aulas da REE (Rede Estadual de Educação) serão transmitidas na televisão para beneficiar cerca de 200 mil alunos, em dois canais de teledifusão, e com transmissão 24 horas do conteúdo, de acordo com programação que ainda será anunciada.

A estratégia será utilizada para atingir o maior número de alunos, na Educação Infantil a Ensino Médio, sob responsabilidade da SED, no contexto de aulas remotas. As teleaulas serão transmitidas por 45 dias, podendo ser prorrogadas. As ferramentas virtuais do Google Class Room, voltado para educação, impressão de materiais didáticos para os alunos sem acesso à internet, seguirão em execução.

Uma transmissão ao vivo, com a titular da pasta, Maria Cecília Amêndola Motta, divulgará os detalhes das teleaulas às 15h desta segunda, nas redes sociais do Governo do Estado.

TVE Cultura perdeu concorrência

Nesta segunda-feira, a Rede MS Integração de Rádio e Televisão foi contratada pela SED para transmitir aulas da REE. A rede foi contratada de forma emergencial, sem licitação, por R$ 663.955,65 para transmissão televisiva simultânea de conteúdo escolar e educacional. O montante será pago com recursos públicos disponibilizados para o combate da Covid-19.

Segundo informações da secretaria de Educação, apesar dos investimentos anunciados para expandir o sinal, a TVE Cultura, rede pública, não disponibiliza os dois canais de cobertura necessários e por isso não foi considerada para o serviço.

Para atender alunos das escolas estaduais que não têm internet, TV vai transmitir aulas em MS
Mais notícias