Indígena de 99 anos que vivia em aldeia é a nova vítima do coronavírus em Aquidauana

Aldeias estão com 230 casos confirmados de Covid-19, 45% do total de contaminados da cidade

A nova morte confirmada mais cedo pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) em Aquidauana, se tratava de uma indígena de 99 anos. A informação foi divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde e agora o município tem 17 mortes causadas pela doença.

Foram registrados 27 casos positivos de coronavírus, sendo 26 pacientes e 1 óbito. Os 33 casos ativos estão divididos em: 19 pessoas na zona urbana e 7 indígenas nas aldeias. Desta forma, as aldeias somam 230 infectados pela doença.

A idosa, que era moradora da Aldeia Lagoinha, estava internada em um hospital em Campo Grande desde o dia 20 de julho, onde teve complicações e faleceu nesta terça-feira na Capital.

Apesar da confirmação da SES de que o  para tratar os pacientes com coronavírus, os leitos em Campo Grande continuam lotando e, para o prefeito Marquinhos Trad (PSD), a lotação seria por conta dos encaminhamentos de Aquidauana para os hospitais de Campo Grande.

“Todos esses pacientes deveriam ficar em Aquidauana”, afirmou Marquinhos. De acordo com o plano municipal de Saúde de Aquidauana, fazem parte da microrregião os seguintes municípios: Aquidauana, Anastácio, Miranda, Bodoquena, Nioaque e Dois Irmãos do Buriti. Sendo que a única cidade que ainda não enviou pacientes para a capital, é Bodoquena.

A situação do coronavírus nas aldeias de Aquidauana preocupa autoridades de saúde do município. A doença tem se espalhado cada vez mais nas comunidades indígenas e casos começaram a surgir com após um evento realizado dentro de uma aldeia, que causou aglomeração.

Atualmente, são 278 moradores da zona urbana infectados e 230 moradores das aldeias indígenas contaminados pelo coronavírus. Ou seja, 45% dos casos confirmados são de indígenas. Além disso, das 17 mortes registradas em Aquidauana, 12 são de indígenas.

 

Indígena de 99 anos que vivia em aldeia é a nova vítima do coronavírus em Aquidauana
Mais notícias