‘Nasci de novo’, diz paciente curado do coronavírus após 22 dias internado em MS

Com diabetes e asma, Márcio teve complicações causadas pelo coronavírus

Um sentimento de alívio ao receber a notícia da alta, nesta terça-feira (04). O técnico em segurança do trabalho, Márcio Luís Oliveiro, 39 anos, estava internado há 22 dias, em Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, vítima da covid-19. “Nasci de novo”, disse ao sair do hospital.

Com diabetes e asma, Márcio teve complicações causadas pelo coronavírus. Ao sair do hospital, recebeu aplausos e agradeceu a equipe médica que o atendeu. “São todos guerreiros que estiveram 24 horas por dia ao meu lado. E se arriscando na linha de frente para salvar vidas.”, finalizou.

Ao jornal MS Todo Dia, Márcio contou que sempre tomou bastante cuidado e foi atento as indicações. Mesmo evitando sair de casa, usando máscara e álcool gel, ele foi contaminado.

“Comecei sentindo falta de ar numa quarta-feira. Já no fim de semana ficou mais forte, e na terça-feira seguinte de madrugada tive uma crise e fui parar no hospital, aí já me internaram. Então passei 15 dias na UTI, respirando com ajuda de aparelhos, e mais sete no leito, recebendo assistência da equipe médica”, contou.

Agora, curado, ele deve ficar dez dias em casa, sendo acompanhado. “Vou ficar em casa isolado por 10 dias, sendo acompanhando por médico, e a prefeitura cedeu um cilindro de oxigênio para eu respirar. Fiquei muito fraco depois da doença. O pulmão regrediu, eu caminho com dificuldade. Emagreci 5 quilos nesse período”, contou.

A doença serviu de alerta para Márcio. “Gostaria que todos tomassem as devidas precauções. Não saim de casa, usem máscara, lavem as mãos. Só a gente que passa pelo que passei sabe quanto custa uma vida. É difícil. Não só o meu caso, mas tantos outros pacientes que sofrem nas UTIs. “Nasci de novo”, como se diz por aí.”

 

'Nasci de novo', diz paciente curado do coronavírus após 22 dias internado em MS
Mais notícias