Na última noite, 72 campo-grandenses foram orientadas após toque de recolher

Durante a fiscalização, 14 estabelecimentos foram orientados a encerrarem os atendimentos

Após aumentar o toque de recolher aos finais de semana, em Campo Grande, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) afirma que as fiscalizações continuam acontecedo. Na última segunda-feira (30), 14 estabelecimentos foram orientados a encerrarem os atendimentos, 72 pessoas foram orientadas a ficarem dentro de suas residências e um cidadão foi preso por desacato aos decretos.

Nesta terça-feira (31), o prefeito informou que a operação Toque de Recolher acontecerá a partir das 22h, com 50 viaturas, 16 motocicletas e mais de 100 guardas municipais. “É para fiscalizar pessoas que teimam nossos decretos”, garante.

“Se está dando certo gente, se nós estamos cada vez mais mostrando ao país todo que é possível sim cumprir regras, por que tantas gentes ainda estão nas ruas?”, questiona o prefeito. Em live, Marquinhos fez um apelo a população campo-grandense. “Fiquem em casa, nós ainda não atingimos o índice da doença que pode levar nossa cidade a um colapso total, ainda não é tempo de sair de casa gente”.

O prefeito da capital informou que o anúncio para que as pessoas saiam de casa será feito em alinhamento com recomendações de órgãos de saúde. “Na hora certa, atentendo as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde, nós iremos falar para vocês que podem sair”.

Na última noite, 72 campo-grandenses foram orientadas após toque de recolher
Mais notícias