Três Lagoas tem primeiro diagnóstico de MS para leishmaniose em 2020

Sintomas foram vistos em outubro do ano passado e vítima segue internada

O primeiro caso de leishmaniose em 2020, em Mato Grosso do Sul foi confirmado neste mês de janeiro. Uma mulher, de 32 anos e residente da cidade de Três Lagoas, distante a 338 quilômetros de Campo Grande contraiu a doença e está internada no Hospital Auxiliadora.

A vítima começou a sentir os primeiros sintomas ainda no mês de outubro do ano passado, mas a confirmação só veio em janeiro por meio da Secretária de Saúde de Três Lagoas, segundo o site Hoje Mais.

Em 2019, a cidade registrou dez casos da doença e três destes vieram a óbito, sendo um bebê de um ano, uma idosa de 76 anos e um idoso de 71 anos. Dos casos, uma mulher, de 69 anos segue internada no Hospital Auxiliadora.

Mais notícias