MS tem 880 casos suspeitos de coronavírus ‘enrolados’ nas secretarias municipais de saúde

Encerramentos pode fazer número de investigações triplicar, de 465 notificações para 1.345

Mato Grosso do Sul tem 880 casos notificados de Covid-19 que ainda aguardam finalização do processamento por parte das Secretarias Municipais de Saúde. Com isso, as notificações são consideradas sem encerramento e podem distorcer as informações do boletim epidemiológico da doença, divulgado diariamente desde o mês de março.

Diante disso, durante a transmissão ao vivo desta segunda-feira (1º), a secretária adjunta da SES (Secretaria de Estado de Saúde) cobrou que os municípios finalizassem os processos. A lista dos municípios que precisam dar agilidade traz os municípios de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Itaporã, Campo Grande, Rio Brilhante, Três Lagoas e Vicentina.

“Reiteramos a necessidade que os municípios fechem suas bases de dados, pois são elas que compõem nosso boletim”, declarou, durante a transmissão ao vivo.

Na prática, quando os municípios encerrarem os casos, as amostras em análises no Lacen devem subir de 465 casos – que aguardam análise – para 1.345 investigações. Nesta segunda, o número de casos confirmados em MS chegou a 1.568. O total de notificações é de 11.883, dos quais 8.970 foram descartados e 20 óbitos.

MS tem 880 casos suspeitos de coronavírus 'enrolados' nas secretarias municipais de saúde
Mais notícias