Ministério do Turismo lança selo que certifica estabelecimentos durante a pandemia

A certificação é emitida online e o estabelecimento deve seguir medidas de biossegurança contra o coronavírus

Devido ao cenário de pandemia do coronavírus, o Ministério do Turismo lançou o selo Turismo Responsável. O selo é uma certificação que tenta assegurar a turistas, viajantes e consumidores que o estabelecimento de hospedagem, bar ou restaurante estão cumprindo requisitos de biossegurança contra o coronavírus.

O selo é disponibilizado por meio da internet e é gratuito, a certificação é vinculada ao Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos). Os estabelecimentos que fizerem a certificação, devem colocar o selo em em local de fácil acesso aos clientes, pois possui QR Code que permite ao turista verificar as medidas adotadas pelo estabelecimento.

Assim, a ferramenta online também possibilitará o encaminhamento de denúncias. Caso seja comprovado o descumprimento de alguma medida de biossegurança, o estabelecimento poderá perder o selo.

Futuro do turismo

De acordo com o ministério, a medida é a primeira etapa para a retomada de atividades turísticas. Desde março o setor foi afetado por causa da pandemia. A iniciativa é validada pela (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e atende as preocupações de empresários do setor que querem retornar as atividades com segurança.

Segundo o secretário de Integração Interinstitucional do ministério, Bob , os novos protocolos sanitários de biossegurança devem permanecer nos estabelecimentos mesmo após a pandemia. Em artigo escrito para a CNC (Confederação Nacional do Comércio), o secretário afirma que em primeiro momento a retomada do turismo será por escolha dos viajantes.

Sendo assim, o secretário acredita que os turistas irão preferir “viagens de curta duração, em fins de semana ou feriados prolongados”. E sobre as escolhas de onde passar esse momento de , ele explica que devem ser em locais tranquilos. “Destinos de natureza, de aventura, de base comunitária e de ecoturismo serão os mais procurados, tendo em vista a baixa aglomeração de pessoas”, definiu.

Retomada do turismo no MS – Em Mato Grosso do Sul, os municípios de Bonito e Miranda já estabeleceram normas de biossegurança para retomada gradual do setor de turismo. Entre as medidas adotadas estão barreiras com aferição de temperatura na entrada dos estabelecimentos e controle da quantidade de pessoas que fazem uso do mesmo ambiente.

 

Ministério do Turismo lança selo que certifica estabelecimentos durante a pandemia
Mais notícias