Mesmo com frio, fim de semana gerou 713 denúncias de ‘furões da quarentena’

De acordo com o prefeito Marquinhos Trad, 230 pessoas foram orientadas a retornarem para as próprias casas

No último final de semana, marcado pela chuva e temperaturas baixas, foram realizadas 713 denúncias de pessoas desrespeitando o toque de recolher em Campo Grande. Na capital de Mato Grosso do Sul, o toque de recolher passou a valer das 23h às 05h na última sexta-feira (26).

Em transmissão ao vivo nas redes sociais, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) informou que 230 pessoas foram orientadas a voltarem para as próprias casas durante o final de semana. Também nas fiscalizações, o prefeito afirmou que foram “40 estabelecimentos orientados a fechar”.

Por fim, o prefeito lembrou que “o telefone para eventual denúncia ou alerta é 153”.

Coronavírus na capital

Apenas nesta segunda-feira (29), Campo Grande apresentou 53 novos casos de coronavírus. Assim, pelo quinto dia seguido, Campo Grande segue na liderança em relação as novas confirmações de Covid-19 apresentadas diariamente pela SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Ao todo já são 2.028 casos da doença na capital. De acordo com o boletim epidemiológico da SES, oito mortes foram causadas pelo coronavírus em Campo Grande.

 

Mesmo com frio, fim de semana gerou 713 denúncias de 'furões da quarentena'
Mais notícias