Mesmo após ‘turbinada’, aplicativo Caixa Tem volta a apresentar problemas

Usuários relatam espera de 6h para acessar recursos e outros sequer conseguiram chegar à tela inicial

Usuários do aplicativo continuam enfrentando dificuldades em acessar a ferramenta nesta sexta-feira (03). Ela é utilizada para movimentar os recursos do auxílio emergencial e dos saques do (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

Os problemas são relatados desde segunda-feira (29) e, ontem, o banco informou ao Jornal Midiamax que iria lançar uma atualização para corrigir problemas. Apesar da ‘turbinada’, o aplicativo continua apresentando falhas.

Leitores procuraram a reportagem para relatar os problemas. Por exemplo, Jorgino, que esperou cerca de 6 horas para conseguir acessar o . “Fique na fila virtual das 18h às 12h para conseguir entrar e, ainda, não consegui pagar contas de água e de luz”, reclamou.

Já Rafael Araújo sequer conseguiu acessar a tela inicial da ferramenta. “Fique cerca de 6h na espera e, quando chegou a minha vez, precisei fazer o cadastro e apareceu uma tela de erro”, informou, completando que a primeira parcela do seu auxílio havia sido debitada em uma conta corrente de outro banco, mas que para a segunda etapa, a Caixa abriu uma conta virtual para depositar o dinheiro.

Ontem, a Caixa Econômica Federal informou ao Jornal Midiamax que no período da tarde, com a nova atualização, a situação seria resolvida. O banco apontou ainda que o acúmulo na atualização da base de dados típico do início de cada mês provocou instabilidade no aplicativo .

Além disso, de acordo com a assessoria do banco, houve aumento significativo no volume de acessos ao , pois ele concentra o recebimento do , do e outros serviços sociais. “Somente para o recebimento dos saques do são 60 milhões de pessoas”, esclareceu nota emitida pelo banco.

Procurada pela reportagem, a Caixa Econômica informou que “nesta primeira semana de Julho, em que ocorrem os processamentos de fechamento e início de mês, somados aos lançamentos dos créditos dos benefícios emergenciais, INSS e folhas de pagamento mensais, alguns serviços podem apresentar intermitência momentânea. A orientação para esses casos é tentar novo acesso ao serviço um pouco mais tarde”.

Ainda conforme o banco, “os clientes e beneficiários estão conseguindo concluir as operações, apesar das intermitências. Neste sentido, registramos que o CAIXA Tem acumulou até 30/06 mais de 1 bilhão de consultas de saldo/extrato e 17 milhões de pagamentos de boleto. Somente ontem (02/07) foram realizados cerca de 20 milhões de acessos ao aplicativo”.

(Atualizada às 10h35) GM

Mesmo após 'turbinada', aplicativo Caixa Tem volta a apresentar problemas
Mais notícias