Mesmo após chuva, onda de calor permanece em MS com temperaturas de até 42°C

Previsão é de que o tempo siga abafado e quente pelo menos até o próximo sábado

Mesmo após uma breve chuva em Campo Grande e Ribas do Rio Pardo, voltou a registrar temperaturas altas e pode atingir até 42°C nesta quarta-feira (07), de acordo com o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), que também não prevê expectativa de chuva.

Conforme a previsão, a expectativa é que o tempo siga abafado. A umidade relativa do ar ficará muito baixa à tarde, com variação de índice entre 50% a 10%, considerado estado de alerta com tendência a emergência pela OMS (Organização Mundial de Saúde). Nas regiões norte e bolsão poderá haver picos abaixo de 10%.

As temperaturas nesta quarta poderão variar entre 22°C a 42°C em todo MS e em Campo Grande, a mínima está estimada em 26°C e a máxima em 39°C. Corumbá registra temperaturas entre 27°C e 42°C; Três Lagoas entre 26°C e 43°C; Dourados entre 22°C a 39°C e Coxim 25°C a 42°C.

A intensa onda de calor que atua no Brasil desde o início da primavera é a causa das temperaturas acima dos 40°C, pois ela impede a formação de nuvens. Embora a chuva fosse esperada apenas para o final da semana, ontem (6) o Estado registrou pancadas isoladas e rápidas em algumas áreas, como a Capital por exemplo.

Segundo o meteorologista Nathálio Abraão a chuva foi ocasionada pela melhora nos índices de umidade relativa do ar que deram condições para a formação de nuvens.

O indicativo é de que o tempo siga abafado e quente pelo menos até o próximo sábado (10) quando as temperaturas iniciam ligeira queda. Durante o feriado estadual da divisão do Estado (11) e nacional de (12) mudanças são esperadas pela climatologia.

O Cemtec manteve a expectativa de retorno da chuva em forma de pancadas isoladas a partir de domingo (11). s generalizadas tem a possibilidade de acontecer entre a próxima terça (13) e quarta-feira (14), podendo pôr fim a este último período de estiagem que ocorre desde 22 de setembro. O volume para o período ainda será baixo com acumulado de 20 milímetros.

Outra boa notícia é que a partir das chuvas as temperaturas terão ligeiro declínio voltando a normalidade esperada do mês entre 18°C a 35°C em todas as regiões do Estado.

Já na segunda quinzena do mês as chuvas podem ocorrer de forma mais espalhada a partir do dia 22 de outubro com acumulado de até 20 milímetros. Antes disso, elas devem se concentrar nos setores norte e bolsão associado a corredores de umidade contribuindo com acumulado de até 30 milímetros, conforme estimativa do Cemtec que sugere acompanhamento de tendências.

Mesmo após chuva, onda de calor permanece em MS com temperaturas de até 42°C
Mais notícias