Idosa de 78 anos é a 18ª vítima do coronavírus em Mato Grosso do Sul

Vítima tinha pneumopatia crônica e é mais uma vítima do vírus no Estado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) anuncia, nesta terça-feira (26), mais uma morte por coronavírus e Mato Grosso do Sul registra 18 mortes pela doença. O caso foi registrado em Três Lagoas – a 338 km de Campo Grande.

Segundo a nota divulgada pela SES, a paciente, de 78 anos, tinha pneumopatia crônica (doença pulmonar) e morreu em um hospital no estado de São Paulo, mas o registro computa para MS por ela ser moradora no Estado. Ela foi internada no dia 12 de maio e faleceu no dia 24 – domingo.

Com o registro, Três Lagoas tem cinco casos fatais até o momento. Campo Grande teve seis mortes, Batayporã e Brasilândia dois casos. Já Paranaíba, Vicentina (morte ocorrida também em São Paulo) e Dourados (vítima morreu em Tocantins) computam uma morte.

Casos

Conforme balanço divulgado na manhã desta terça-feira (26) pela SES, o Estado bateu recorde em novos casos da doença, com 77 novas confirmações em 24 horas. Com estes dados, Mato Grosso do Sul vai a 1,1 mil casos. Destes, 50 estão internados: 14 deles em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sendo 11 públicos e 3 privados.

Até esta terça são 8474 notificações, 146 amostras em análise, 665 casos a serem ainda confirmados ou não pelos municípios nos bancos de dados e 6563 casos descartados.

Mesmo que Mato Grosso do Sul seja o Estado brasileiro com menor incidência de casos, é preciso seguir atento, mantendo distância social, lavando as mãos constantemente e usando máscaras nas ruas. Sempre que possível, é preferível ficar em casa porque cerca de 60% dos portadores do Covid-19 não tem nenhum sintoma, mas podem contaminar outras pessoas, principalmente idosos, complicando a saúde dos mais vulneráveis, que podem chegar a óbito após serem contaminados.

 

Idosa de 78 anos é a 18ª vítima do coronavírus em Mato Grosso do Sul
Mais notícias