CONFIRA: Mapa trará localização dos casos de coronavírus em Campo Grande

Sistema desenvolvido em parceria entre Sesau e Planurb visa a dar transparência sobre situação da Covid na cidade e deve ser finalizado nos próximos dias

A população de Campo Grande deve ganhar, nos próximos dias, uma nova ferramenta para acompanhar a evolução dos casos de coronavírus (Covid-19) no município. Elaborado em parceria entre a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) e a Planurb (Agência Municipal de Planejamento), o mapeamento online está no Sisgran (Sistema Municipal de Indicadores) e apresenta dados como sexo, idade e evolução diária dos casos, além de mostrar, via georreferenciamento, a localização aproximada de cada caso confirmado, suspeito ou notificado.

Uma prévia do sistema (acessível em https://sites.google.com/view/sisgran-cg/coronav%C3%ADrus e http://sisgran.campogrande.ms.gov.br/corona/) já está disponível desde a noite de sábado (28), abastecida com dados até o dia anterior (sexta-feira, 27) sobre o cenário do coronavírus na Capital: naquele momento, havia 254 notificações, 24 casos confirmados, 9 suspeitos, 220 descartados, um excluído e nenhuma morte.

O recorte ainda apontava que a maioria dos infectados pelo coronavírus na Capital (54%) é do sexo masculino –e, consequentemente, 46% do feminino.

Dos casos confirmados, um foi registrado em um bebê com menos de um ano (o caso de uma criança de 3 meses), 2 de adolescentes e jovens de 10 a 19; 3 na faixa de 20 a 29 anos; 8 entre 30 e 39 anos; 6 de 40 a 48; 2 de 50 a 59 e igual número de 60 a 69.

Curiosamente, o dado mostra que a maioria dos casos na Capital ocorre entre adultos de 30 a 49 anos, fora da faixa etária de grupo de risco (acima de 60 anos). Não há detalhes, porém, relacionando outros fatores que elevam o perigo para os pacientes, como a existência de comorbidades.

O sistema também permite links para verificação da situação no mundo, elaborados pela CSSE (Center for Systems Science and Engineering)) e JHU (Johns Hopkins University), que apontava até o fechamento desta reportagem 710.918 casos confirmados no mundo, com 33.551 mortes e 148.995 pacientes curados; dados da imprensa nacional e o boletim atualizado da SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Mapeamento

Contudo, o dado que mais chama a atenção no sistema é o mapeamento da cidade, apontando de forma aproximada nos bairros a localização de pacientes com coronavírus.

Com base em dados de 27 de março, havia casos confirmados nos bairros Coophavila II, União, Vila Popular, Monte Castelo, Carandá Bosque, Centro, São Francisco, Bela Vista, São Lourenço, TV Morena, Vilas Boas, Residencial Dahma e Doutor Albuquerque.

Os casos confirmados aparecem em vermelho, em alguns casos se sobrepondo. A Sesau advertiu, porém, que o site colocado no ar neste momento ainda é um protótipo e será finalizado nos próximos dias. “Estamos desenvolvendo um mais completo e fácil para a população acessar”, explicou a pasta, via assessoria.

CONFIRA: Mapa trará localização dos casos de coronavírus em Campo Grande
Mais notícias