Mais uma cidade de MS com caso confirmado de coronavírus reabre comércio

Outras seis cidades já haviam liberados as lojas a funcionarem na quarentena

A Prefeitura de Rio Verde de Mato Grosso, distante a 200 quilômetros de Campo Grande, publicou um novo decreto, na tarde desta segunda-feira (30), onde permite que o comércio em geral reabre suas portas desde que sigam algumas exigências. Mesmo com um caso confirmado e dois suspeitos, houve a flexibilização das regras.

Uma das exigências é que os estabelecimentos restrinjam os acessos ao público em até uma pessoa a cada 10 metros quadrados no espaço interno da loja, evitando que exista aglomerações e em caso de fila, a recomendação é o distanciamento de 2 metros entre as pessoas.

Os serviços de delivery estarão podendo funcionar, desde que o entregador higienize frequentemente os veículos e as caixas térmicas utilizadas nas entregas, o mesmo vale para bares e conveniências. A prefeitura ainda manteve a proibição de aglomeração das pessoas em locais públicos.

As casas lotéricas também estarão funcionando normalmente após o decreto, mas com a realização de higiene completa e frequente no local. Os funcionários deverão estar com EPIs (Equipamento de Proteção Individual) como recomenda o Ministério da Saúde.

Ainda nesta segunda, outros cinco municípios liberaram novos decretos autorizando a reabertura do comércio: Sidrolândia, Douradina, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi e Terenos flexibilizaram as medidas e devem movimentar as respectivas economias.

Ponta Porã decidiu liberar o funcionamento do comércio e flexibilizar algumas regras do decreto que previa situação de emergência na cidade por conta do novo coronavírus, o Covid-19. O funcionamento precisa seguir medidas de controle a contenção de riscos e disposições já presentes no decreto que vigora contra o combate ao coronavírus.

Mais uma cidade de MS com caso confirmado de coronavírus reabre comércio
Mais notícias