Mais flexibilização: Campo Grande avança e entra na classificação amarela do Prosseguir

Outras cidades pioraram índices e 15 estão com a bandeira vermelha

Campo Grande melhorou a classificação no Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia) e entrou na lista de cidades com grau tolerável para transmissão do coronavírus em . Classificada com a bandeira amarela, Capital pode ter novas flexibilizações, já que está entre as cidades onde são permitidas atividades não-essenciais de baixo, médio e alto risco. 

Mais flexibilização: Campo Grande avança e entra na classificação amarela do ProsseguirDados do Prosseguir foram divulgados em transmissão da SES (Secretaria de Estado de Saúde) na manhã desta quinta-feira (24). Campo Grande melhorou a classificação, já que no mapa anterior estava com classificação laranja, de médio risco.

Com a bandeira amarela do Prosseguir, flexibilizações podem ser feitas. Campo Grande pode liberar atividades não-essenciais de alto risco, como é o caso das aulas presenciais em escolas e universidades. 

Confira quais atividades são consideradas não-essenciais de alto risco: academias; clubes sociais; serviços da cadeia do ; boliche, sinuca e similares e jogos eletrônicos; visitação em atrações turísticas, culturais e esportivas em espaço aberto; cabelereiro, barbearia, salões de beleza e afins; educação dos níveis fundamentais e médio, em formato presencial; educação de nível superior e pós-graduação, em formato presencial; áreas comuns de condomínios. Vale lembrar que algumas destas atividades já estavam liberadas na Capital, como é o caso de academias e salões de beleza.

Cidades com risco alto

Enquanto a Capital melhorou a classificação, alguns municípios pioraram e chegam a integrar o mapa de alto risco para coronavírus em MS. Na classificação vermelha, a recomendação é manter apenas as atividades essenciais e as não-essenciais de baixo risco.

As cidades que estão com classificação vermelha são: Amambai, Anastácio, Antônio João, Bela Vista, Bodoquena, Dourados, Japorã, Ladário, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Ponta Porã, Porto Murtinho, Sete Quedas e Terenos.

Mais flexibilização: Campo Grande avança e entra na classificação amarela do Prosseguir
Mais notícias