Mais de 8 mil pessoas já foram abordadas nas barreiras sanitárias de MS

Pelo menos 11 pessoas foram orientadas a procurarem uma unidade de saúde após sintoma suspeito

Mais de 8 mil pessoas já foram abordadas ao entrar em Mato Grosso do Sul, seja nas 13 barreiras terrestres ou no Aeroporto de Campo Grande. Com o Posto de Corumbá e mais as unidades do Ceasa e Guia Lopes da Laguna, que contam com o apoio de servidores da Iagro  (Agência Estadual de Vigilância Sanitária Animal e Vegetal), o Estado conta com 17 barreiras sanitárias em operação.

Dados da Comissão de Controle Sanitário de Mato Grosso do Sul mostram que 8,2 mil pessoas foram abordadas nos postos fiscais e no Aeroporto Internacional de Campo Grande. O Posto Fiscal XV de Novembro, localizado na BR-267, no município de Bataguassu, divisa com São Paulo, realizou 3.221 abordagens. O Posto Fiscal Jupiá, em Três Lagoas, abordou 929 pessoas; Posto Fiscal Ilha Grande, em Mundo Novo, 541 pessoas; Posto Fiscal Ofaié, no Município de Anaurilândia, 414 pessoas. As demais unidades totalizam 1.299 abordagens.

Com a chegada dos repatriados vindos da Bolívia, o Posto Esdras, em Corumbá, registrou a abordagem de brasileiros sendo 436 pessoas, nesta sexta-feira (3). A barreira do Aeroporto Internacional de Campo Grande registra 817 verificações e no Ceasa, equipes fazem a desinfecção dos caminhões que chegam de outros estados.

Ao todo, 4.919 meios de transportes foram vistoriados. Carros é a maioria e somam 3.347 veículos. Na lista ainda entram caminhões (1.220), motocicletas (140), ônibus (56), vans (31), bicicletas (quatro) e até um veículo de tração animal (um). Além de 13 aeronaves.

Até o momento, pelo menos 11 pessoas foram orientadas a procurarem uma unidade de saúde após apresentarem algum tipo de sintoma. A maioria foi no Aeroporto Internacional de Campo Grande, sendo seis casos registrados.

Os demais foram no Posto Ilha Grande, no Município de Mundo Novo, com três casos. E na Base de Fiscalização Móvel Campo Bom, em de Chapadão do Sul, e no Posto Fiscal Jupiá, no município de Três Lagoas, em cada unidade, um caso foi registrado.

(com informações do Governo de MS)

Mais de 8 mil pessoas já foram abordadas nas barreiras sanitárias de MS
Mais notícias