Mais de 150 mil comprimidos de cloroquina serão disponibilizados em MS, diz Governo

Os municípios ficarão responsáveis pela solicitação e distribuição dos medicamentos

Na manhã desta quarta-feira (15), o Governo de Mato Grosso do Sul, juntamente com (Secretaria de Estado de Saúde), anunciou a distribuição de dois medicamentos para tratamento contra o coronavírus. Foram entregues 16 mil comprimidos pelo Ministério da Saúde, entre cloroquina 150 mg e hidroxicloroquina 400 mg. Desse total, 13.406 já foram distribuídos aos municípios. Além disso, o governo já solicitou mais 15 mil comprimidos, e comprou 119.460 unidades de hidroxicloroquina.

De acordo com a e a resolução 61 da CIB (Comissão Intergestores Bipartite), fica sob responsabilidade das secretarias municipais de saúde, a solicitação e distribuição dos medicamentos no âmbito ambulatorial ou hospitalar, da rede pública e privada. A seleção será feita através dos critérios médicos adotados, de acordo com o número de notificações e confirmações de cada município.

A Resolução, assinada pelo secretário estadual de Saúde Geraldo Resende e pelo presidente do Cosems (Conselho de Secretários Municipais de Saúde) Rogério Leite, determina que as Secretarias Municipais de Saúde definam “os fluxos de solicitação e distribuição dos medicamentos para os serviços ambulatoriais e hospitalares dos seus municípios”.

Segundo o documento, cabe às secretarias municipais de saúde solicitar o quantitativo de cloroquina 150mg e hidroxicloroquina 400 mg para a Assistência Farmacêutica Estadual, por meio do preenchimento da RMI (Requisição de s e Insumos) .

Distribuição

A decisão tomada pela Ses em conjunto com o Cosems leva em consideração a recomendação para tratamento farmacológico com cloroquina 150 mg /e com a hidroxicloroquina 400 mg na Covid-19, publicada pelo COE/ (Centro de Operação de Emergências de Mato Grosso do Sul). Também se justifica em dois aspectos: primeiro, que o Ministério da Saúde realizou a compra centralizada do medicamento cloroquina 150 mg, com distribuição regular às Unidades Federativas, incluindo Mato Grosso do Sul; segundo, que a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul realizou a compra do medicamento hidroxicloroquina 400 mg.

“Nossa principal preocupação é salvar vidas. Estamos fazendo tudo o que está ao nosso alcance para que nenhum sul-mato-grossense venha a perecer por falta de atendimento ou tratamento adequado. Estamos fazendo desde treinamento dos profissionais da saúde até a distribuição de EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) como máscaras, aventais, gorros e luvas, álcool 70.º, ou mesmo a compra ou recebimento em doação de leitos hospitalares, UTI’s e outros aparelhos”, afirma o secretário Geraldo Resende.

“Além de distribuir a cloroquina e a hidroxicloroquina aos municípios, é importante lembrar que fizemos repasse de recursos próprios ou do governo federal para os municípios e hospitais em valores consideráveis para custeio das ações de combate ao coronavírus”, salienta Geraldo. “Agora, precisamos que a população também faça a sua parte, adotando o isolamento social, uso de máscaras e ações de higiene”.

 

Mais de 150 mil comprimidos de cloroquina serão disponibilizados em MS, diz Governo
Mais notícias