Jovem de 21 anos sofre morte encefálica e tem órgão doados na Santa Casa de Campo Grande

O rapaz foi vítima de acidente de trânsito

A Santa Casa de Campo Grande realizou, na manhã deste domingo (5), a captação de órgãos para doação de um rapaz de 21 anos que morreu num acidente de trânsito em Campo Grande. O jovem sofreu um TEC (Traumatismo Cranioencefálico) grave, que evoluiu para morte encefálica. Essa é a sexta captação de órgãos na entidade.

Segundo a assessoria do hospital, a família autorizou a doação do coração, córneas, rins e fígado do paciente. A doação acontece a partir do diagnóstico de morte encefálica (perda total das funções cerebrais), realizado em pacientes neurológicos graves através de exames.

A equipe da OPO (Organização de Procura de Órgãos) acompanha todo o processo e com o diagnóstico constatado é feito a abordagem com a família sobre a doação. Ainda de acordo com informações da assessoria da Santa Casa, o fígado do jovem foi encaminhado para Brasília, e os demais órgãos e tecidos permaneceram no hospital para transplante.

Em outubro de 2018, Campo Grande incluiu em seu calendário oficial de evento o mês Setembro Verde, com intuito de incentivar a doação de órgãos na Capita. Na publicação feita no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) sancionou a lei 6.102/2018, já aprovada na Câmara Municipal, que instituiu a data.

Jovem de 21 anos sofre morte encefálica e tem órgão doados na Santa Casa de Campo Grande
Mais notícias