Já caiu: MS volta a ocupar 25ª posição e tem apenas 38,4% de isolamento social

Campo Grande também voltou a ter baixa adesão ao isolamento social, com apenas 37,54% das pessoas em casa

Durou apenas um dia a boa colocação de em relação à taxa de isolamento social: na última segunda-feira (29), o Estado voltou a ocupar a 25ª posição entre as unidades de federação, com pífios 38,4%.

No dia anterior, Mato Grosso do Sul ficou em 10ª lugar, com 52,2% das pessoas em casa. A recomendação das autoridades sanitárias é de no mínimo 60% para conter o avanço no novo coronavírus, sendo 70% a taxa ideal, conforme a O (Organização Mundial da Saúde).

Campo Grande também voltou a decepcionar ocupando a mesma colocação entre as capitais, mas com uma taxa de isolamento ainda menor que a média estadual: 37,54%. No domingo, a Cidade Morena manteve 50,56% da população e ocupava a 15ª posição entre as capitais.

Os demais indicadores trazem Sete Quedas com a menor taxa de isolamento – apenas 28,2%, seguida de Jardim (28,9%), Sonora (29,4%), (30%) e Coxim (30,2%). Já com índices próximos do satisfatórios estão Caracol, com 55%, e Aral Moreira, com 51%.

Um dos epicentros da Covid-19 em , Dourados também decepcionou e apresentou apenas 42,9%, mas acima da média de e a maior entre as cidades sedes de macrorregiões: Três Lagoas teve a taxa medida em 39,1% e Corumbá 42,7%. Rochedo, que decretou lockdown ontem, teve apenas 38%.

Já caiu: MS volta a ocupar 25ª posição e tem apenas 38,4% de isolamento social
Foto: In Loco | SES | Reprodução

Todos os dados são calculados pelo In loco com base em amostragem de dados de deslocamento de usuários das operadores de telefonia. Clique AQUI para conferir as tabelas na íntegra.

Já caiu: MS volta a ocupar 25ª posição e tem apenas 38,4% de isolamento social
Mais notícias