Infectados pelo coronavírus serão rastreados em Mato Grosso do Sul

SES informou que casos suspeitos ou de pessoas que tiveram contato com infectados também serão monitorados

Casos suspeitos e confirmados de coronavírus serão rastreados a partir da próxima segunda-feira (28) em todo , conforme as informações da SES (Secretaria Municipal de Saúde). Aquelas pessoas que tiveram contato com casos confirmados também serão alvos do programa ‘Rastrear’.

A SES explica que, rastreados, os casos suspeitos ou confirmados de , serão identificados precocemente e assim, de acordo com a SES, será possível elaborar estratégias de monitoramento diário, ao aparecimento de sinais e sintomas. “Programa criado para quebrar a cadeia do vírus e diminuir a taxa de contágio”, informou à pasta.

O Programa Rastrear já está em operação e à disposição dos 79 municípios do Estado. Dados da Secretaria de Estado de Saúde apontam que desde o dia 14 de setembro, a taxa de transmissão do coronavírus apresenta redução quanto ao contágio no Estado.

O secretário de Estado de Saúde, , explicou que o Rastrear foi desenvolvido em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e será o único no Estado a fazer este trabalho.

 

Infectados pelo coronavírus serão rastreados em Mato Grosso do Sul
Mais notícias