Incêndios no Pantanal já destruíram mais de 1,2 milhão de hectares este ano, aponta Ibama

Moradores e proprietários rurais também estão ajudando as equipes no combates de chamas.

Os incêndios no de Mato Grosso do Sul já destruíram mais de 1.250 milhões de hectares este ano, conforme divulgado pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), nesta sexta-feira (7).

De acordo com o instituto, comparado ao mesmo período de 2019, entre janeiro e agosto, o número é 70% maior, sendo que foram destruído pelas chamas cerca de 300 mil hectares no bioma pantaneiro.

As operações de combate continuam na região de Corumbá e Ladário, a 417 quilômetros de distância de Campo Grande. Com o aumento da incidência de incêndios na região norte, atingindo as regiões de Porto Jofre, no município de Poconé, em Mato Grosso, as equipes se dividem nas ações.

Também estão no combate militares das Forças Armadas, Prevfogo, brigadistas e até mesmo moradores da região da Serra do Amolar e da Estrada Parque, com ferramentas manuais de motobombas com mangueiras para lançamento de água. Proprietários rurais também ajudam com um trator com pipa de 5 mil litros de água e outro trator com pá carregadeira.

“Reforçamos o pedido para que as pessoas não utilizem fogo de forma alguma para qualquer atividade agropastoril nesta época do ano. Construam e/ou mantenham limpos os aceiros nas divisas das propriedades e sempre que houver Brigadistas ou Militares do Corpo de Bombeiros realizando o combate próximo a sua propriedade rural, disponibilize maquinário existente para ajudar no controle às chamas, sempre executando as ações orientadas por estes profissionais”, orienta o Ibama em nota.

Incêndios no Pantanal já destruíram mais de 1,2 milhão de hectares este ano, aponta Ibama
Mais notícias