IFMS estende quarentena e aulas presenciais ficam suspensas por mais um mês

Aulas estariam suspensas até quarta-feira, mas nova decisão prorrogou quarentena até 30 de abril

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) estendeu a quarentena e as aulas devem continuar suspensas por mais um mês. O calendário letivo será mantido e as aulas nos campi serão substituídas por atividades não presenciais. 

Inicialmente, as aulas estariam suspensas até quarta (1º), mas a nova recomendação é de que  as atividades presenciais permaneçam suspensas até 30 de abril. O objetivo é possibilitar que estudantes e professores continuem atendendo as recomendações de isolamento social feitas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), como forma de evitar o contágio e a disseminação do vírus.

“Não há no mundo uma instituição de ensino que tenha feito gestão de risco para a situação que estamos vivendo. Nunca imaginamos que um inimigo invisível nos atacaria, nos afastaria dos estudantes, de nossos amigos, de nossas famílias, de nosso local de trabalho e nos trancaria em nossas casas”, ponderou a reitora, Elaine Cassiano.

A reitora destaca que as decisões tomadas primam pela saúde da comunidade escolar e garantem a manutenção das atividades de ensino.

“Nós decidimos pela saúde dos nossos estudantes e servidores. Temos mães nos procurando pedindo para as aulas não retornarem até o fim da pandemia. É um momento delicado. Não foi uma decisão fácil. Haverá impactos operacionais, mas estamos na reitoria para servir. A decisão tomada pelo conselho vai resultar em um bom trabalho”, destacou. Os servidores do IFMS permanecem desempenhando suas funções em home office.

Como forma de atender aos estudantes que não possuem acesso à internet para acompanhar as atividades, o IFMS estuda a possibilidade de ofertar auxílios para aqueles que, comprovadamente, não possuam recursos para acessar as atividades online.

IFMS estende quarentena e aulas presenciais ficam suspensas por mais um mês
Mais notícias