Idosa de 83 anos internada em Campo Grande é 17ª a morrer de coronavírus em MS

Ela estava internada no Hospital da Unimed desde 6 de maio, mas não resistiu à covid-19

Uma idosa de 83 anos, que estava internada no Hospital da Unimed desde o dia 6 de maio, faleceu na madrugada desta quarta-feira (20), em decorrência da Covid-19, causada pelo novo coronavírus. Esta é a sexta vítima fatal da doença em Campo Grande e a 17º de MS.

A informação foi confirmada em nota do hospital, que destacou, ainda, que a idosa estava internada no Pronto Atendimento de Síndrome Respiratória, montado para acolher pacientes com suspeita da Covid-19.

Segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), a paciente não tinha vínculo com caso confirmado da Covid-19 ou histórico de viagem, o que indica contaminação em transmissão comunitária. Entre as comorbidades, estavam hipertensão, obesidade, cardiopatia, doença arterial crônica e doença pulmonar obstrutiva crônica.

Ela teria iniciado os sintomas em 3 de maio, com relatos de tosse, dor de garganta, desconforto respiratório e saturação menor que 95%. A idosa deu entrada no hospital no dia 6 e foi removida para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no dia 10, onde foi intubada, permanecendo em ventilação mecânica. Nesta madrugada, ela sofreu um infarto agudo do miocárdio, vindo a falecer às 01h40 desta madrugada.

*Atualizada às 9h08 para acréscimos de informações.

Idosa de 83 anos internada em Campo Grande é 17ª a morrer de coronavírus em MS
Mais notícias