Hospital Regional se aproxima dos 300 casos confirmados de coronavírus e soma 23 mortes

Taxa de ocupação de leitos críticos na unidade é de quase 90%; hospital é referência para o combate ao coronavírus no Estado

O Hospital Regional Rosa Pedrossian, referência para o tratamento do novo coronavírus () em Mato Grosso do Sul, chegou nesta sexta-feira (10) aso 297 casos confirmados de coronavírus, conforme boletim divulgado pela unidade de Saúde. Do total, 23 pacientes vieram a óbito.

Conforme divulgado pelo hospital, houve 1.510 notificações, com 696 casos descartados e 42 permanecendo como suspeitos (40 entre servidores). O total de descartados é de 696 e 5 foram excluídos.

Dentre os 297 infectados, 35 são servidores do . Houve, ainda, 137 altas médicas.

Dos 102 pacientes que seguem internados, 51 estão na enfermaria, um se encontra recuperado (mas segue internado) e 50 ocupam leitos de UTI. O volume supera o constatado na quinta-feira (9), quando havia 88 pacientes positivos internados.

A falta de vagas de alta complexidade no levou Prefeitura de Campo Grande e a iniciarem uma operação para captar leitos privados a fim de receber pacientes de coronavírus, ou abrir novas vagas em unidades como o Hospital de Câncer Alfredo Abrão.

Diante do avanço da ocupação de vagas no hospital, o Regional lançou etapa do seu plano de contingência, que reserva a unidade exclusivamente para pacientes de coronavírus –pessoas com outras enfermidades estão sendo direcoinadas para outras unidades.

Dentre os 83 leitos críticos do HR, 74 estão com pacientes (a taxa de ocupação é de 89,2%), com 9 disponíveis.

Nesta sexta-feira, boletim da Secretaria de Estado de Saúde totalizou 12.261 casos positivos de coronavírus em Mato Grosso do Sul, com 146 óbitos.

Hospital Regional se aproxima dos 300 casos confirmados de coronavírus e soma 23 mortes
Mais notícias