Homem tentou salvar sobrinhos com corda antes de criança desaparecer em córrego

Tio e outro sobrinho conseguiram se salvar pela margem

O tio dos garotos, de 8 e 15 anos, que desapareceram no Córrego Anhanduí na tarde desta sexta-feira (4), em Campo Grande, tentou salvar as vítimas com uma corda. Horas depois de serem arrastados por uma correnteza, o homem e um dos sobrinhos foram localizados pelo , caminhando pela Avenida Gunter Hans, quando tentavam voltar para casa. A criança de 8 anos ainda não foi encontrada.

O explicou que 4 pessoas, de 8, 12, 13 e 15 anos, estavam pescando em uma espécie de ilha no córrego quando o nível das águas começou a subir. Ao perceber o perigo, o garoto de 12 anos saiu do local e o tio dos rapazes, que estava do lado de fora, conseguiu tirar o adolescente de 13 anos antes que a correnteza chegasse até eles.

Ainda segundo informações dos militares, o homem pegou uma corda curta, amarrou em uma árvore e jogou para os 2 sobrinhos que ficaram para trás. Sem alcançar o cabo, os garotos foram arrastados para dentro do rio. Desesperado, o tio entrou na água e atravessou o córrego a nado a fim de socorrer as vítimas. O mais velho, de 15 anos, conseguiu sobreviver ao chegar na margem após se agarrar em um galho que estava boiando. Já o menor, de 8 anos, desapareceu na correnteza.

Algumas horas depois, o encontrou tio e sobrinho caminhando pela Avenida tentando voltar para casa. As buscas pela criança devem recomeçar, por volta das 5h deste sábado (5), com uma equipe de mergulhadores e o apoio de um caiaque.

Homem tentou salvar sobrinhos com corda antes de criança desaparecer em córrego
Mais notícias