Homem de 55 anos é a 3ª vítima do coronavírus em Costa Rica

Homem estava sendo transferido para Campo Grande e não resistiu por complicações da doença

Um homem de 55 anos, morador em Costa Rica, a 484 quilômetros de Campo Grande, morreu nesta segunda-feira (03) por complicações do coronavírus. Ele estava internado desde o dia 27 de julho, na Fundação Hospitalar da cidade e era transferido para Campo Grande, quando morreu na ambulância.

A equipe médica informou que a vítima foi internada apresentando infecção generalizada, dor lombar e febre. Ainda na madrugada do dia 28 de julho, precisou ser encaminhado para leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), onde estava entubado.

Nesta segunda-feira (03), foi solicitada uma vaga para Campo Grande. A vítima já estava sendo transferida, mas não resistiu e morreu antes mesmo de chegar na Capital. A vítima teve insuficiência renal em decorrência de complicações da covid-19.

“Infelizmente foi confirmado mais um óbito. De maneira trágica esse falecimento serve para toda população ter consciência do momento que estamos vivenciando. Não é momento para festas e aglomerações, o uso de máscaras e a lavagem das mãos com frequência é muito importante”, disse a presidente do CMPEC (Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao novo ), secretária de Saúde, Adriana Tobal.

Até o último boletim divulgado pela prefeitura de Costa Rica nesta segunda-feira (03), ao todo, já foram notificados 1.186 casos, 963 testaram negativo e 191 positivo. Destes, 135 já estão curados. Outras 32 pessoas aguardam resultados de exames do Lacen/MS (Laboratório Central Mato Grosso do Sul).

 

Homem de 55 anos é a 3ª vítima do coronavírus em Costa Rica
Mais notícias