Grupo de paraguaios que moravam no Brasil está retido na Ponte da Amizade

Todos que entram no Paraguai precisam passar por quarentena

Autoridades do Paraguai afirmaram que existe um grupo composto por 15 paraguaios que está retido na Ponte da Amizade, na fronteira com Brasil. Segundo informações eles decidiram voltar quando o acesso já estava restrito.

Ao todo , segundo o Ministério das Relações Exteriores,  413 paraguaios decidiram retornar, mas ainda não estão autorizados devido a quarentena estabelecida por conta do coronavírus. “Esse grupo que estava no Brasil praticamente teve dormir na ponte que liga os dois países”, explicou o ministro Cézar Ruiz ao rádio ABC Cardinal.

Medidas adotadas por autoridades paraguaias determinam que as pessoas retornam ao País devem ficar de quarentena. Um dos locais escolhidos para isso é a sede das Forças Armadas.

O Paraguai tem adotado medidas rígidas contra o coronavirus e desde a declaração de pandemia decidiu pelo fechamento das fronteiras. Segundo levantamentos, até agora foram registradas três mortes pelo Covid-19 e confirmados 37 casos.

Mais notícias