Com pandemia, escolas estaduais de MS terão férias escolares entre 4 e 18 de maio

Decreto terá orientação para que municípios e particulares não retornem com aulas

O Governo do de anunciou nesta segunda-feira (27) que vai decretar nesta terça-feira (28) a antecipação das escolares de julho para os dias 4 até 18 de maio. O anúncio foi feito pelo secretário de Eduardo Riedel.

O decreto a ser publicado terá, ainda, a indicação para que os municípios do e a rede particular também não retornem ainda com as , antecipando as .

De acordo com Riedel, cerca de 93% doa alunos têm acessado a plataforma online de da Rede Estadual de Ensino.

A medida anunciada é válida para as 352 escolas do . O objetivo é reduzir a aglomeração nas escolas, controlando o avanço do novo coronavírus (Covid-19).

As na estão suspensas desde o último dia 23 de março, e as escolas adotaram as Aulas Remotas Vinculantes – virtuais – como alternativa para não paralisar o Calendário Escolar. As atividades são enviadas pelos gestores e responsáveis para os 210 mil alunos do .

Neste período, as unidades estão usando a Plataforma Protagonismo Digital, que foi lançada pela SED (Secretaria de de Educação) em 2017. O ambiente virtual simula uma sala de aula on-line onde os estudantes dão o retorno para os professores e são monitorados nas atividades.

De acordo com o Governo do , outra alternativa adotada foi a criação de sites e até mesmo portais para a distribuição de conteúdo para os estudantes. As escolas também fizeram uso de grupos em aplicativos de mensagens, com a participação dos pais e da comunidade escolar em geral.

Com pandemia, escolas estaduais de MS terão férias escolares entre 4 e 18 de maio
Mais notícias