Funcionários terceirizados da UFGD são liberados para quarentena

Medida é para combater coronavírus e evitar aglomeração

Os funcionários terceirizados da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), a 217 quilômetros de Campo Grande, foram liberados nesta terça-feira (24) para cumprir a quarentena, conforme recomendações do Ministério da Saúde, para evitar aglomerações e evitar o alastramento do novo coronavírus (Covid-19). 

Em nota,  a assessoria de imprensa informou que os serviços terceirizados de mais visibilidade no campus é a limpeza, ou seja, essa atividade não será suspensa, mas os funcionários terão turnos flexibilizados em forma de plantão.  

“A limpeza interna dos blocos será realizada em todas as salas e, posteriormente, as mesmas serão devidamente trancadas. Caso alguma atividade administrativa ou de pesquisa seja realizada em algum recinto, quem a fizer deverá comunicar aos vigilantes, para que as equipes plantonistas possam executar a limpeza nos referidos ambientes”.  

A segurança da universidade também terá plantão e seguirá rotina pré-estabelecida, com serviços da empresa de proteção patrimonial de 24h. Toda pessoa que entrar no campus, funcionário ou não, deverá procurar a vigilância e se identificar, por motivos de segurança, assim como todas as atividades que forem realizadas neste período. 

Bolsistas e estagiários foram dispensados do trabalho e, mas caso haja necessidade, será planejado um conjunto de atividades com supervisão a distância por seus orientadores. Os serviços de fiscalização de obras ocorrerão com prévio agendamento entre a Divisão de Obras e contratados. 

 

Mais notícias