Familiares de internos são impedidos de entrar com produtos de limpeza na Máxima

Os materiais são entregues a cada 30 dias, mas agentes teriam barrado a entrada

Uma fila de esposas e familiares de internos se formou em frente ao presídio de Segurança de Campo Grande na manhã deste sábado (17). Impedidas de entrarem para visitar os detentos e entregar os materiais de limpeza, mulheres cobraram explicações da (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário).

Conforme uma moradora, uma vez por mês os familiares e esposas levam materiais de higiene pessoal e de limpeza, mas nesta manhã foram barradas na porta do presídio. “Informaram para a gente que só vai poder entrar com os produtos de higiene que os materiais de limpeza não entrariam desta vez”, disse à reportagem.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da para apurar se novas medidas foram adotadas dentro da unidade e aguarda reposta.

Familiares de internos são impedidos de entrar com produtos de limpeza na Máxima
Mais notícias