Família pede ajuda para promotor de eventos vítima de acidente grave

Cada lata de suplemento custa R$ 100

Desde o dia 26 de agosto de 2019 a vida do Dj e promotor de eventos Jefferson Alonso Gomes, 36 anos mudou. Ele sofreu um acidente de trânsito grave, junto com sua esposa, e atualmente vive com sequelas de um traumatismo craniano grave.

De acordo com a amiga da família e cuidadora do rapaz Bruna Gomes Tomaz, 26 anos, Jefferson não fala, não anda e a poucos dias retirou a sonda da alimentação.

“Faz 20 dias que ele tirou a sonda para tentar a alimentação normal, estamos nos adaptando ainda, mas ele usa fralda, não anda, não fala. Ficou com muitas sequelas do acidente”, afirma.

A esposa de Jefferson que também estava no carro quando capotaram na estrada da Gameleira, em Campo Grande, mas se recuperou bem após o acidente.

“Ela hoje vive do auxílio doença. Se recuperou do acidente, mas não pode trabalhar porque tem que cuidar dele também. A renda dos dois é de R$ 1 mil do auxílio. Ele depende da gente para tudo”, explica.

Além dos problemas das sequelas, Jefferson também precisa de uma consulta com médico neurologista. “Não conseguimos retorno no neurologista desde quando ele teve alta. O acidente aconteceu há 9 meses, e ele está com sequelas graves”, diz.

“Tudo que ele precisa é caro e demanda muitos cuidados, por isso estamos pedindo ajuda. Alimentação especial, remédios, fralda, suplemento cada lada custa R$ 100. Fisioterapia, fonoaudióloga, neurologista. Tudo tem que ser pago e com essa pandemia nada tem previsão de volta, estamos preocupados. O que conseguirmos de ajuda será bem-vindo”, completa.

Quem quiser ajudar Jefferson e a família pode entrar em contato pelo (67) 99335-2532 ou no 99999-3453.

Família pede ajuda para promotor de eventos vítima de acidente grave
Mais notícias