Ex-FEB, veterano da 2ª Guerra Mundial morre aos 100 anos em Campo Grande

Divo Pires estava hospitalizado há 14 dias no Hospital Militar de Campo Grande

Divo Pires Peixoto, um dos integrantes da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que engrossou as fileiras de mais de 25 mil combatentes brasileiros que ajudaram os aliados contra o nazifascismo na Segunda Guerra Mundial, morreu aos 100 anos de idade, em Campo Grande.

Em nota, a Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira (Anvfeb-MS), informou que Divo Pires estava hospitalizado há 14 dias no Hospital Militar de Campo Grande, onde teve uma insuficiência respiratória.

Ex-FEB, veterano da 2ª Guerra Mundial morre aos 100 anos em Campo Grande
Divo ingressou no Exército em 1º de novembro de 1938. Imagem: Divulgação

Divo Pires Peixoto nasceu em Nioaque, Mato Grosso do Sul, em 23 de fevereiro de 1920. Ele ingressou no Exército em 1º de novembro de 1938, no 10º Regimento de Cavalaria Mecanizado, na época chamado 10º Regimento de Cavalaria Independente, em Bela Vista, MS, tendo deixado o serviço ativo em 3 de novembro de 1939, por término de prestação do serviço militar inicial obrigatório.

Com a entrada do Brasil na 2ª Guerra Mundial, foi convocado para integrar a Força Expedicionária Brasileira, como Soldado (1G – 295 798), na Companhia do Quartel-General da 1ª Divisão de Infantaria Expedicionária (Cia QG 1ª DIE).

Durante a campanha da Itália, foi promovido a Cabo e lutou contra os nazistas, entre 6 de outubro de 1944 a 12 de julho de 1945, e esteve presente em diversas batalhas, inclusive, como motorista do Gen Mascarenhas de Moraes. Após a guerra, deu baixa do serviço ativo, em 11 de agosto de 1945.

Por sua atuação na guerra e exemplar vida de cidadão, recebeu as seguintes condecorações: Medalha de Campanha, da Força Expedicionária Brasileira; Medalha do Mérito Força Expedicionária Brasileira, da Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul; Medalha da Vitória, do Ministério da Defesa; Medalha Cinquentenário do Término da II Guerra Mundial; e Medalha Marechal Machado Lopes.

Ex-FEB, veterano da 2ª Guerra Mundial morre aos 100 anos em Campo Grande
Mais notícias