Equipes combatem incêndio que devasta há 4 dias região do Porto da Manga

Além do Pantanal, brigadistas indígenas trabalham no combate de chamas em regiões de Miranda e Anastácio

Brigadistas, Corpo de Bombeiros e Prevfogo/Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), continua combatendo, nesta quarta-feia (16), um incêndio que atinge regiões de Porto da Manga, em Corumbá, a 417 quilômetros de distância de Campo Grande, há cerca de 4 dias.

Segundo o Ibama, ainda não há dimensão o tamanho do prejuízo na região que as margens do Rio Paraguai, e conhecida pelas paisagens de embarcações e ligação com a Estrada Parque, outra área de preservação do Estado.

Ainda de acordo com o monitoramento, brigadistas indígenas também atuam em focos de calor na região de La Lima, em Miranda, e reservas indígenas Kadiwéu.

Ações de combate

O Governo do Estado assinou, na terça-feira (15), convênio com a União para recurso de R$ 3,8 milhões destinados as ações de combate as queimadas no MS. Equipamentos como abafadores elétricos e ferramentas devem ser enviadas para equipes nos próximos dias.

Equipes combatem incêndio que devasta há 4 dias região do Porto da Manga
Mais notícias