Enem 2019: Resultado é disponibilizado a partir das 9h desta sexta

Notas podem ser conferidas tanto no site como pelo app do Enem

O Ministério da Educação divulga nesta sexta-feira (17) as notas individuais do Exame Nacional do Ensino Médio. Os resultados estarão disponíveis a partir das 10 horas da manhã – 9h no horário de MS. Os candidatos poderão acessar as notas tanto no site como pelo aplicativo do Enem.

Para consultar o resultado, é preciso usar uma senha já cadastrada, que deve ser inserida na “Página do Participante”. Se o estudante não lembra a senha, ele pode fazer a recuperação dos dados, segiundo os seguintes passos:

  • Acessar o canal do participante no site do Enem
  • Responder ao desafio de figuras solicitado no campo
  • Inserir o CPF
  • Clicar em “esqueci minha senha” no canto inferior direito da tela
  • Clicar em “enviar senha”
  • Aguardar uma nova senha ser enviada para o seu e-mail cadastrado
  • Assim que tiver a nova senha, digitá-la no sistema para conferir o resultado

O MEC orienta o estudante a conferir tanto a caixa de entrada do e-mail quanto a pasta de spam, pois a mensagem pode ser direcionada pra lá. Ainda de acordo com o MEC, caso o candidato não tenha mais acesso ao e-mail cadastrado no site do Enem, ele pode alterar o endereço. Mas é preciso lembrar o e-mail anterior e responder a perguntas de confirmação.

O MEC também disponibilizou um telefone para consultas: 0800 616161.

Como a nota é calculada?

Duas pessoas que acertam o mesmo número de questões no Enem podem ter notas diferentes. Isso porque, segundo o INEP, a metodologia adotada para chegar à nota final é a TRI (Teoria de Resposta ao Item), que busca priorizar a coerência no desempenho dos estudantes.

Em cada uma das quatro áreas de conhecimento, a TRI é calculada a partir de uma escala, que é como uma régua que mede o nível de conhecimento do participante. O desempenho médio dos candidatos encontra-se no meio dessa régua – os 500 pontos. Nesse sentido, as perguntas situadas abaixo de 500 têm um nível de dificuldade menor para a maioria dos estudantes; as acima de 500, maior.

Foto ilustrativa | Reprodução

Logo, se alguém acerta as questões mais difíceis, mas erra aquelas consideradas fáceis, provavelmente “chutou” as respostas. Por isso, terá uma nota inferior à de um estudante que acertou o mesmo número de questões consideradas mais fáceis, mas errou as mais complexas.

Jpa a nota da redação não é calculada pelo TRI. Os textos são corrigidos um a um por mais de 5 mil avaliadores, que recebem cada um até 200 redações por dia, com o compromisso de analisar mais de 150 textos a cada três dias. A cada 50 redações, o corretor recebe duas já avaliadas por uma equipe de especialistas, que serão usadas para analisar o desempenho do corretor.

Todas as redações são avaliadas por dois professores em plataforma online, com texto sem identificação. Cada um desconhece a nota atribuída pelo outro. Se a discrepância das notas for superior a 100 pontos, no total, ou 80 pontos em uma das cinco competências avaliadas, um terceiro professor fará a correção. A nota final da redação é a média aritmética das duas notas totais que mais se aproximam.

Mais notícias