Em churrasco de político, irmãos brigam, se acusam de ‘corno’ e um é ferido a garrafadas

Um deles é candidato a vereador e mulher afirmou que não votaria no irmão

Durante um churrasco promovido por candidatos à prefeito e vice na cidade de Coxim, distante 255km da Capital, um homem foi atingido com uma garrafa de vidro na nuca. A confusão começou quando membros da família falaram que não votariam em um candidato porque ele “era corno”.

Uma mulher, de 48 anos, contou ao registrar a ocorrência, que a confusão teria começado após sua irmã ter falado para sua sobrinha que não votava em seu próprio irmão, que é candidato a vereador. A mulher disse que também não votaria nele porque o candidato teria falado que o outro irmão deles estava com uma amante, segundo o boletim de ocorrência.

A mulher teria falado “todo castigo para corno é pouco”, e logo em seguida o irmão arremessou uma garrafa de vidro em sua nuca. Ela passou por exame médico na delegacia e o caso foi registrado como lesão corporal dolosa.

Em churrasco de político, irmãos brigam, se acusam de 'corno' e um é ferido a garrafadas
Mais notícias