Em carta aberta, entidades se mobilizam por lockdown em Campo Grande

37 entidades assinam carta voltada a autoridades e instituições

Entidades sul-mato-grossenses tornaram pública nesta sexta-feira (7) uma carta aberta, voltada a diversas instituições e autoridades, para sensibilizar o Executivo Municipal quanto à adoção de em Campo Grande, devido ao crescimento dos números relacionados à Covid-19 na Capital.

O documento, assinado por 37 entidades, pede que seja implementado em Campo Grande, com fechamento do comércio, de serviços e redução de horário de serviços essenciais que não são unidades de saúde. “O que é essencial agora é menos gente contaminada. Coragem, Prefeito!”, traz trecho do pedido.

Presidente do Sintss-MS (Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade Social no MS), Ricardo Bueno, detalhou que a carta foi motivada devido ao crescimento dos números e da falta de diálogo com entidades técnicas que compõem a Rede de Saúde em Campo Grande.

“Ou tentamos sensibilizar, ou será tarde demais. Parece-nos que as decisões estão sendo tomadas em políticas partidárias, e não em políticas de saúde pública. O Estado fez o projeto das bandeiras de cores [Prosseguir] e não vemos respeito em cima disso, na adoção das recomendações. Há esse discurso de ampliação de leitos de , mas há um limite pra isso, não se pensa na estrutura, uma hora o sistema não vai aguentar”, detalhou.

A carta é datada desta sexta-feira (7) e direciona o pedido não só ao prefeito (PSD), mas também à Câmara de Vereadores, MPMS (Ministério Público Estadual), Deputados estaduais, federais e senadores.

Confira a carta e signatários na íntegra:

“CARTA EM DEFESA DO DIREITO DE VIVER EM CAMPO GRANDE

Nós, das redes, coletivos e organizações abaixo assinados vimos a público conclamar as autoridades para que tomem medidas urgentes em relação ao enfrentamento da COVID-19 em Campo Grande.

É passada a hora do ! As festas podem ser adiadas, a morte não!

Vereadores e Vereadoras, manifestem-se! Ministério Público Estadual, manifeste-se! Deputados Estaduais, Federais, Senadores, manifestem-se! Força, Defensoria Pública Estadual!

Prefeito, aja rapidamente! Tenha um só discurso e uma só prática: proteger as vidas Determine o fechamento do comércio, dos serviços. Diminua o horário dos serviços essenciais que não são unidades de saúde.

O que é essencial agora é menos gente contaminada. Coragem, Prefeito!

Campo Grande, 07 de agosto de 2020.

Assinam:

  • Associação Brasileira de Enfermagem – ABEN/MS
  • Associação Brasileira de Redução de Danos – ABORDA
  • Associação dos Advogados e Advogadas pela Democracia, Justiça e Cidadania/MS – ADJC/MS
  • Associação dos Docentes da Universidade Estadual de – ADUEMS
  • Central Única das Favelas – CUFA/MS
  • Central Única dos Trabalhadores – CUT/MS
  • Centro de Defesa dos Direitos Humanos – CDDH Marçal de Souza Tupã-i
  • Coletivo Terra Vermelha
  • Comissão Regional de Justiça e Paz – CRJP
  • Conselho Estadual da Pessoa Humana Conselho Regional de Biologia – CRB
  • Conselho Regional de Enfermagem – COREN
  • Conselho Regional de Psicologia – CRP
  • Conselho Regional de Serviço Social – CRESS
  • Frente Brasil Popular de - FBP/MS
  • Frente Estadual em Defesa do SUS/MS
  • Instituto de Direitos Humanos do Estado de José do Nascimento
  • Instituto Mulher Negra do Pantanal Juristas pela Democracia – MS
  • Marcha Mundial de Mulheres – MS
  • Movimento Mãe Águia Movimento Negro Unificado – MNU
  • Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra –
  • Núcleo de Defensoria Jurídica Popular – NAJUP/ MS
  • ONG Águia Morena
  • Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos – Coletivo Diversas Feministas de
  • Sindicato dos Jornalistas de – SINDJOR
  • Sindicato dos Psicólogos de – SINPSI MS
  • Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica – SINASEFE
  • Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Seguridade Social de Ms – SINTSS
  • Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais no Estado de – SINTSEP/MS
  • Sindicato dos Trabalhadores da Previdência Social de – SINTSPREV
  • SLAM Camélias União Brasileira de Mulheres – MS
  • União da Juventude Socialista- UJS/MS
  • União de Negros e Negras pela Igualdade – UNEGRO”
Em carta aberta, entidades se mobilizam por lockdown em Campo Grande
Mais notícias