Em 25 dias, barreiras de Campo Grande abordaram mais de 115 mil pessoas

Nas barreiras, 231 pessoas apresentaram sintomas de coronavírus e realizaram o exame

Até esta sexta-feira (03), mais de 115 mil pessoas foram abordadas nas barreiras sanitárias de Campo Grande. A medida de enfrentamento ao coronavírus foi em 08 de junho.

Cerca de 60 mil veículos passaram por desinfecção nas barreiras instaladas nas principais entradas da cidade. Os dados foram informados pelo prefeito (), durante transmissão ao vivo.

De acordo com ele, foram realizados 231 exames em pessoas que apresentaram sintomas do coronavírus. Assim, 38 testaram positivo para o vírus. Entretanto, o prefeito garantiu que “nenhuma delas está internada em leitos hospitalar”.

Em transmissão anterior, Marquinhos ressaltou que antes das barreiras, os infectados vindo de fora da cidade poderiam circular livremente pela capital. Porém, com a medida de enfrentamento, quem testa positivo para o coronavírus é mapeado pela prefeitura.

“A prefeitura liga nas residências, para saber se de fato estão em isolamento domiciliar e quando vão sair da nossa cidade”. Além disto, o prefeito explicou que a equipe liga para atualizar o quadro de sintomas do infectado.

A medida foi adotada em razão do avanço do coronavírus no interior do Estado. Sendo assim, existem barreiras instaladas na saída para Sidrolândia e Três Lagoas. Por fim, uma terceira equipe foi instalada na saída para , estado com um dos maiores números de casos do Brasil.

Em 25 dias, barreiras de Campo Grande abordaram mais de 115 mil pessoas
Mais notícias