DIAfragma: no cotidiano, lentes captam e dão destaque ao esforço de trabalhadores e rotina de crianças

“Não é somente dominando a técnica que fazemos boas imagens, temos que buscar outras visões e informações como história ou iluminação"

Alegria, tristeza, e até a luta pela sobrevivência podem ser vistas por meio de fotografias. Mais do que registrar momentos, as fotos transmitem mensagens, contam histórias e levam a importantes reflexões. Hoje, mais do que nunca, a fotografia tem o poder de comunicar e persuadir, e as imagens da semana mostra que o pré-carnaval foi de muito trabalho e limpeza, ficamos esperando por dias melhores.

Foto Marcos Ermínio/Midiamax

f/8 – Trabalhadores organizam a via para tapar o buraco causado pelas chuvas da última quinta-feira (20).

Foto Marcos Ermínio/Midiamax

f/2.8 – Funcionária animada alerta o colega ao atravessar a rua sem a sinalização enquanto recolhiam os entulhos da enxurrada na Av. Rachid Neder.

Foto Marcos Ermínio/Midiamax

f/3.0 – Criança da Aldeia Urbana Água Bonita, já debulhava o milho, função que a mãe faz todos os dias para sustentar a família.

Foto Marcos Ermínio/Midiamax
Foto Marcos Ermínio/Midiamax

f/5.4 – Funcionários da limpeza não tiveram outra alternativa a não colocar o pé na lama na sexta-feira, “eita pré-carnaval ehm!”

Foto Marcos Ermínio/Midiamax

f/5 – Com o banheiro em condições precária, menino aguardava mesmo assim para usar o “toalete” que já alertava a regra independente das condições.

Foto Marcos Ermínio/Midiamax

f/9 – Criança recolhe sua boneca, uma das poucas coisas que a lama não atingiu em sua casa no temporal da última quinta-feira (20).

Foto Marcos Ermínio/Midiamax

f/5 – O tempo começava a fechar e o trabalhador de reciclagem corria com seu serviço para terminar antes que a chuva chegasse.

Foto Marcos Ermínio/Midiamax

f/2.8 – Com a enxada e o carrinho de mão, o morador do Bairro Tarsila do Amaral ostenta o olhar e aparência de um povo sul mato-grossense trabalhador.

Mais notícias