Defesa Civil alerta sobre risco de chuvas intensas nas próximas horas

Aviso disparado à população pede que sejam evitadas áreas e vias alagadas e, em caso de enxurradas, que não se deixe animais acorrentados

A Cedec (Coordenadoria Estadual de Defesa Civil) de Mato Grosso do Sul emitiu aviso no fim da tarde desta segunda-feira (6) para moradores da região de Campo Grande, com alerta “alto e provável para chuvas intensas nas próximas 6 horas”. O comunicado recomenda à população que evite áreas e vias alagadas e, em caso de enxurradas, para que não deixem animais acorrentados.

O aviso vai ao encontro da previsão do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) para boa parte de Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira, com validade até as 11h desta terça (7). Há chance de chuvas entre 30 e 60 mm por hora ou de 50 a 100 mm por dia, ventos de até 100 km/h e queda de granizo em vários municípios, com danos a plantações, queda de árvores, alagamentos e risco de corte de energia em uma faixa que vai do sul à região central do Estado.

Além de Campo Grande, o Inmet aponta possibilidade de chuvas intensas em Amambai, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aquidauana, Aral Moreira, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Caracol, Corguinho, Coronel Sapucaia, Corumbá, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jaraguari, Jardim, Jateí, Juti, Ladário, Laguna Carapã, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rochedo, Santa Rita do Pardo, Sete Quedas, Sidrolândia, Tacuru, Taquarussu, Terenos, Três Lagoas e Vicentina.

Nos demais municípios do Estado, da faixa central à norte, há possibilidade de chuvas fortes, mas com intensidade menor, também até a manhã de terça.

Defesa Civil alerta sobre risco de chuvas intensas nas próximas horas
Mais notícias