MS começa junho com 79 novos casos de coronavírus e total de 1.568 infectados

SES confirmou que curva de crescimento de casos segue exponencial

O primeiro dia de junho conta com mais 79 casos da , levando o total de confirmações para 1.568 em Mato Grosso do Sul, conforme informações do da SES (Secretaria de Estado de Saúde) da manhã desta segunda-feira. Os números trazem, ainda, um total de 11.883 casos notificados, dos quais 8.970 foram descartados e 20 óbitos.

O município com maior número de confirmações nesta edição do boletim é Dourados, com  27 novos casos. Segundo o titular da SES, Geraldo Resende, a expectativa é que o município assuma a liderança de casos se não hoje, nos próximos dias: ao todo, já são 306 casos na cidade, contra os 312 na Capital – que teve incremento de 19 confirmações. Além desses, Douradina (16), Chapadão do Sul (4), Fátima do Sul (4), Corumbá (2), Três Lagoas (2), Vicentina (2), Amambai (1), Naviraí (1) e Ponta Porã (1) também entraram na estatísticas com mais casos confirmados.

A secretária adjunta de Saúde, Christine Maymone, destacou o crescimento exponencial da curva de confirmações da em MS: os novos 79 casos são um incremento de 5,3% na estatística e admitiu que espera número maior nas próximas edições do boletim, já que há 465 em análise no Lacen (Laboratório Central de MS).

A adjunta também apontou que a taxa de ocupação de leitos, embora ainda baixa em relação ao restante do país, sofreu aumento: são um total de 64 internados em MS. A doença também já está presente em 63% dos 79 municípios de MS, conforme o boletim. Ao todo, já há casos confirmados em 50 municípios 50 dos 79 (veja a galeria).

Outras doenças

Maymone destacou que a 22ª segunda semana epidemiológica, na qual MS se encontra, traz a particularidade do aumento de outras doenças com sintomas semelhantes ao da , como viroses causadoras da e adenovírus.

“Outros vírus estão circulando, como o adenovirus e os vírus da influenza. Sabemos que eles tem aumento entra a 10ª e a 25ª semanas epidemiológicas. Estamos na 22ª, ou seja, daqui para frente estamos com alerta bastante rigoroso e com cuidados em relação a SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e a síndromes gripais. Não esqueçam também da dengue: MS já tem 39 óbitos e há 6 em investigação”, pontuou.

Clique AQUI para conferir o boletim epidemiológico na íntegra.

MS começa junho com 79 novos casos de coronavírus e total de 1.568 infectados
Mais notícias