Rapaz de 30 anos é primeira vítima de dengue de 2020 em Campo Grande

Seria a 2ª morte pela doença no Estado

Foi confirmada nesta segunda-feira (13), pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), a primeira morte por dengue em Campo Grande. Um homem de 30 anos, veio a óbito nesse domingo (12), no Hospital Unimed.

De acordo com a Sesau, o rapaz era morador do bairro Nova Campo Grande e começou a sentir os sintomas da doença no dia 30 de dezembro de 2019. No dia 7 de janeiro de 2020, ele foi internado no Hospital da Unimed apresentando quadro de insuficiência hepática e renal.

O quadro evoluiu para encefalite, alteração no nível de consciência e falência renal levando a vítima a óbito no último domingo. Exame de contraprova foi realizado no Lacen (Laboratório Central), confirmando a morte por dengue.

Este seria o segundo caso no Estado se o Lacen confirmar a morte por pela doença de Lucian Andrade, 29 anos, que veio a óbito na última quinta-feira (9) na Santa Casa de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande.

Lucian foi diagnosticado com dengue hemorrágica após ser internado no Hospital da Cassems, mas a morte pela doença ainda não foi confirmada pela SES-MS (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul).

Mais notícias