Confira como as igrejas podem funcionar a partir desta quarta em Campo Grande

Templos podem funcionar das 6h às 19h30

Liberadas pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região, as igrejas podem voltar a funcionar em todo o país, conforme decreto editado pelo presidente Jair Bolsonaro, que colocou os templos religiosos como serviços essenciais durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Em Campo Grande, os locais podem funcionar, mas devem cumprir as medidas do decreto municipal n° 14.219, de 26 de março de 2020.

No documento que estabelece as medidas excepcionais de caráter temporário, que dizem respeito às atividades religiosas de qualquer natureza, mostram que os templos e igrejas devem seguir algumas normas.

Entre as regras estão a higienização completado local, antes e depois de cada reunião ou atividade. Lotação de 1 pessoa a cada 10 metros quadrados no salão de uso público, com distanciamento mínimo de 1,5 metro entre cada participante.

No templo devem ser disponibilizados de forma permanente produtos de higienização das mãos como água e sabão e, se possível, álcool 70%. Os locais que puderem, devem também realizar aferição da temperatura corporal de quem entrar no salão, com termômetro infravermelho e as pessoas que apresentarem estado febril devem ser impedidas de entrar.

Os templos devem ser mantidos o mais abertos possíveis, portas e janelas, para que o local fique bastante arejado. Cartazes informativos e educativos falando sobre a prevenção e combate ao novo coronavírus (Covid-19) devem ser colocados nos espaços.

E por fim, as reuniões e cultos devem respeitar o ‘toque de recolher’, tendo como horário máximo de funcionamento o período das 06h às 19h30.

No caso de descumprimento das normas, a população pode efetuar denúncias via telefone no 153 da Guarda Civil Metropolitana ou (67) 3314-9955 Ouvidoria SUS.

Confira como as igrejas podem funcionar a partir desta quarta em Campo Grande
Mais notícias