Cotidiano

Compra de exames para coronavírus por R$ 999 mil será para testar profissionais da saúde

Compra de R$ 999 mil em exames para detectar coronavírus (Covid-19) será destinada à testagem em profissionais de saúde, segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). O termo de ratificação do contrato com a Diagnolab Laboratórios foi divulgado na quinta-feira (23). Contundo, a estratégia de atendimento dos funcionários da rede pública ainda está sendo definida, […]

Mayara Bueno Publicado em 27/04/2020, às 10h28 - Atualizado às 10h58

(Foto: Arquivo/Midiamax)
(Foto: Arquivo/Midiamax) - (Foto: Arquivo/Midiamax)

Compra de R$ 999 mil em exames para detectar coronavírus (Covid-19) será destinada à testagem em profissionais de saúde, segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). O termo de ratificação do contrato com a Diagnolab Laboratórios foi divulgado na quinta-feira (23).

Contundo, a estratégia de atendimento dos funcionários da rede pública ainda está sendo definida, explicou a assessoria da secretaria de Saúde. No documento, é explicado que a aquisição, ‘em caráter emergência’, é para ‘detecção qualitativa de anticorpos IgG e IgM anti Covid-19 em sangue total, soro ou plasma. A entrega é imediata.

Um dia depois da divulgação sobre a compra, a Prefeitura de Campo Grande publicou abertura de crédito suplementar de R$ 56 milhões, para atender medidas de combate ao coronavírus.

Além da compra de exames, o município contratou a Clínica Campo Grande por R$ 1,2 milhão para disponibilização de leitos clínicos e de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), destinados aos pacientes atendidos na Capital.

Mato Grosso do Sul chega a 8 mortes em decorrência da doença nesta segunda-feira (27). Duas delas foram em Campo Grande, e, a mais recente, uma idosa de 75 anos, é de Paranaíba.

Jornal Midiamax